3

27.11.15 - Golem e o Gênio

Posted by Stella on 17:27 in ,
Terminei de ler hoje o livro Golem e o Gênio, que foi super bem recomendado. Por causa dessa leitura (e porque calhou de eu ter tempo), resolvi voltar a escrever aqui no blog. Yay! :)
Este livro conta várias histórias ao mesmo tempo, como se a autora estivesse costurando uma colcha de retalhos. Num primeiro momento, você pode até ficar confuso, imaginando aonde ela quer chegar com tudo aquilo, mas fique certo, ela chega a algum lugar. E faz isso muito bem. Helene Wecker consegue amarrar com a precisão de uma golem e a criatividade de um djim todas as histórias que inicia neste livro. Não tem essa de plots abandonados.
Tudo começa quando um homem péssimo e rico resolve que precisa de uma esposa. O problema é que ninguém quer casar com ele (duh, ele é péssimo). Daí que dentro da tradição mística judaica existe essa criatura chamada golem, que é feita de barro e criada para servir a um mestre. O golem é feito para ser obediente e atender a qualquer desejo do seu mestre, seja ele qual for. No entanto, o maior problema dele é que, caso seja direcionado à violência, ele não consegue se controlar. Pode começar a ter um ataque de fúria e precisará ser destruído. Pois bem, esse homem horrível do início da história, acha que um golem poderia virar uma ótima esposa. Pois é. Ele vai até um feiticeiro e faz sua encomenda. Esse é o início do plot da Golem.
Ao mesmo tempo, temos um outro plot acontecendo na Pequena Síria, na Nova York de 1890. Arbeely é um ferreiro cheio de problemas que recebe uma encomenda para consertar uma molheira. Ao começar a trabalhar nela, desperta o djim (ou gênio) que se encontrava preso dentro da mesma. Completamente desnorteado e sem poder sair dali, o djim começa a trabalhar para Arbeely como seu assistente. Só que, de acordo com a cultura árabe, um djim é um ser livre e inconsequente. Ele precisa de mais do que aquilo oferecido pelo homem, só que ele está preso a essa forma humana até encontrar uma maneira de desfazer o encanto que o prendeu. E esse é o início do plot do Gênio.
E aí tem a história de Fadwa. Uma beduína de vida simples que um dia encontra um palácio maravilhoso no meio do deserto, que some após alguns segundos.
E como tudo isso pode ter alguma relação, você me pergunta. E eu respondo: leia o livro.
É uma leitura que começa devagar, por isso é necessária muita paciência, gafanhoto. Mas depois que a história te envolve, é um caminho sem volta. Os personagens são encantadores e a linguagem bem fluida.
Gostei bastante e recomendo também. :) Presentão de Natal, hein. Só dizendo! ;) Além de tudo que falei sobre o conteúdo, a edição brasileira feita pela editora DarkSide Books ficou MA-RA-VI-LHO-SA. Sério. Várias vezes parei de ler pra ficar admirando a capa. <3 i="">

3 Comments


Ai, que resenha linda <3 Me convenceu de uma vez por todas, acabei de encomendar na Amazon, mal posso esperar! Algo que não ficou claro em nenhuma resenha que li é: tem algum ship no livro? A golem e o gênio, talvez? E a Fadwa? Quero ir preparada para shippar desde o começo, caso a resposta seja sim. Muito obrigada :)


Olha... tem uns relacionamentos, sim. Mas é mais físico. O maior relacionamento do livro é de amizade mesmo. rs Ele é muito bonito.

Copyright © 2009 Wild About My Stuff All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.