0

06.09.14 - "I Sing the Body Electric! And Other Stories" by Ray Bradbury

Posted by Stella on 15:10 in , ,

Este é um livro de contos de ficção do Ray Bradbury que, diferente de As Crônicas Marcianas, não tem exatamente uma temática única. Cada conto tem sua particularidade, alguns são situados em Marte (o que parece ser o tema favorito do Bradbury) e outros em mundos distópicos, futuristas e históricos. O que eu quero dizer com isso? Bem, vou escrever um pouco sobre alguns dos contos pra você poder entender.

A short story que abre o livro é "The Killimanjaro Device", que trata da máquina do tempo. É bem visual e curto (9 páginas), só achei fraco se comparado com os outros. Mas teve um trecho que eu gostei bastante. Quando o narrador da história é perguntado sobre o que se coloca dentro da máquina do tempo pra ela funcionar, ele responde apenas mentalmente, mas é uma senhora resposta. Adorei mesmo.
"I could have said: Reading late at night, reading many nights over the years until almost morning, reading up in the mountains in the snow or reading at noon in Pamplona, or reading by the streams or out in a boat somewhere along Florida coast." (p.7) [Just perfect.]

O segundo, "A Terrible Conflagration Up at the Place" está na lista dos meus contos preferidos deste livro. Trata um pouco de política e revolta, mas de uma forma muito divertida. As personagens são muito caricatas e o plot twist no final também ficou ótimo. É uma paródia da relação histórica entre o povo e seus governantes. Incrível.

"The Inspired Chicken Motel", ótimo título. É também, como o primeiro, um conto breve (8 páginas). No entanto, é muito melhor. Conta sobre uma família que está na estrada e resolve parar em um motel para descansar. Lá, eles encontram uma galinha que põe um "ovo da sorte", na mesma ideia do biscoito da sorte. Basicamente há escritos no ovo. E a partir dai se desenrola a história. O final é a melhor parte! O conto é narrado por uma das crianças que, ao descrever a família logo no início diz que todo mundo se acha mais esperto que o outro, mas que tudo bem, porque ter um pouco de desrespeito faz bem. Que "any family that has a proper disrespect, each for the other, can stay together. As long as there is something to fight about, people will come to meals. Lose that and the family desintegrates."(p.48) [True]

Também gostei bastante de "Night Call, Collect", que já é um conto mais parecido com aqueles d'As Cronicas Marcianas, pois me lembrou bastante um que é intitulado "As Cidades Silenciosas".

"The Haunting of the New" é um conto de horror que se passa em uma casa assombrosa, não assombrada. Isso mesmo. O grande vilão do conto é a própria casa. Simples, e muito bom! Consigo até imaginar esse conto no Through The Woods, uma graphic novel infanto-juvenil escrita por Emily Carroll que é simplesmente maravilhosa. (foto ao lado) Falei sobre ela no Skoob!

"I Sing the Body Electric!", conto que dá nome ao livro, é sobre androides, preconceito e sobre o que seria humanidade. A personagem diz na página 135 que se ela foi feita por humanos para amar, para sentir, para cuidar, ela foi portanto humanizada de certa forma. Tem um final muito bonito!

"Any Friend of Nicholas Nickelby's Is a Friend of Mine", ótimo! Também está entre os meus preferidos. Diferente dos outros, não seria ficção científica, apenas ficção. No início você pode até achar que ele voltou pra temática da máquina do tempo, mas não é isso. É sobre não saber quem você é. Sobre fracassar e perder a vontade de ser você. Por isso, a personagem resolve virar o Charles Dickens. Simples assim! É genial! E o final é muito lindinho.

"The Parrot Who Met Papa" conta de um papagaio que conheceu Hemingway e que ouvia e memorizava tudo o que este dizia, a ponto de ter o último romance escrito por ele inteiro, e nunca publicado, na cabeça. Tem um pouco de romance policial e um final muito interessante!

Por último, gostei do conto "Punishment Without Crime"! Tem uma atmosfera bem no estilo de Além da Imaginação e conta de um homem que paga para matar sua esposa, só que não é a esposa de verdade, apenas um androide feito para esse fim. O problema é: até que ponto matar um androide seria tudo bem, se a intenção de matar a esposa ainda está ali? Bem interessante!

Esse post acabou ficando muito maior do que eu gostaria, mas escolher apenas alguns dentre 29 contos não é tarefa fácil! Houve alguns que eu também queria contar, mas que acabei tendo que deixar de fora. Espero que você também tenha a oportunidade de ler este livro e que goste tanto quanto eu!

Copyright © 2009 Wild About My Stuff All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.