2

12.07.13 - Caso de sucesso?

Posted by Stella on 23:07 in , ,
Em 2010 eu fiz uma postagem contando como eu emagreci 26kg em 8 meses. Nos 4 meses seguintes àquela postagem eu emagreci mais, cheguei a perder um total de 36kg. Acontece que em Janeiro de 2011 comecei a namorar o Gabriel e pouco tempo depois nós resolvemos morar juntos. Como eu saí lá do fim do mundo (A.K.A. Maria Paula, SG) e não precisava mais andar horas pra chegar a qualquer lugar - mesmo pra ir no mercado eu precisava andar muito - comecei a ficar mal acostumada com a vida no Rio de Janeiro, perto de tudo, mercado na frente de casa, metrô pro trabalho e pra qualquer lugar que eu fosse, elevador, etc... fora que, ao me mudar, eu não consegui ficar em nenhuma academia que entrava. Somando a isso tudo, ainda voltei à compulsão alimentar, ou seja, chocolates todo dia, muita comida congelada... 2 anos depois eu já havia engordado 18kg. Pois é.
Daí, no dia 07/05/13 eu resolvi parar com a palhaçada. Comecei a comer direito. Cortei o açúcar (exceto aquele que vem das frutas, claro), cortei a comida congelada, cortei os sucos de caixinha. Voltei a comer de 3 em 3 horas, praticamente um reloginho: soava um alarme interno dentro de mim dizendo "COME" a cada 3 horas. Passei a anotar numa agenda tudo que eu comia e que horas eu comia, assim, sempre que comia demais ou de menos, rolava um desenho de carinha triste de desaprovação. Isso mesmo, eu preciso brigar comigo mesma quando faço merda. Além dos cortes e das anotações, passei a tomar chá verde e chá de hibisco todos os dias. De manhã e antes de dormir. Me ajuda a não ter insônia, o que me facilita acordar cedo e me dá menos ansiedade, que é uma das coisas que me leva à compulsão. Já que eu voltei a acordar cedo sozinha, passei o mês de maio inteiro levantando 1 hora antes e indo à pé pro trabalho. Isso mesmo. Exceto em dias chuvosos... porque não rola chegar no trabalho toda empapada de chuva. Mas não foi só isso que eu mudei nos meus hábitos. Também parei de andar de elevador e escada rolante. Ou seja, escadas e mais escadas pra tudo quanto é lado.
Em junho eu entrei de férias. Dessa vez resolvi aproveitar pra aumentar a quantidade de atividade física que eu estava fazendo, então continuei acordando cedo, mas pra andar de bicicleta. Fazia 10km todos os dias. Consegui manter esse ritmo até a última semana de férias, quando fui assaltada. Isso brochou minha motivação. Fiquei em pânico por uns dias, com medo de ir na rua e tal. Depois de um tempo, concluí que a solução era mesmo tentar voltar pra academia. Mas eu continuava com o problema de dinheiro: como entrar pra academia se eu não tenho dinheiro pra pagar? No momento estou aguardando o próximo pagamento pra poder tentar voltar pra academia. Até lá, eu tenho tentado andar o máximo possível. Não vou mais no mercado na frente de casa, vou até o outro bairro pra comprar frutas, legumes e verduras. Cozinho, lavo louça o tempo inteiro... sei lá. Tentando me manter ocupada e me mexendo até poder entrar pra academia.
Anteontem resolvi me pesar e, surpreendentemente, 2 meses e 3 dias depois eu já havia perdido 13kg e 200g. (Sim, qualquer grama conta pra mim). Agora só faltam 4kg e 800g pra eu voltar para o que estava lá em Janeiro de 2011.
Acho muito bizarro como eu consegui perder peso tão rápido sem ficar sem comer ou tomar remédios. Eu simplesmente voltei a comer DIREITO. Dessa vez nem academia teve, foram apenas mudanças de hábito. Passei a reparar como quase ninguém usa a escada pra sair do Metrô, mas a escada rolante. E ficam todos lá parados, esperando serem levados lá pra cima. Se tem uma outra coisa que toda essa mudança fez comigo foi me deixar muito impaciente com a inércia. Sério. As pessoas da cidade são absurdamente inertes. Todos esses carros e ônibus dão uma falsa sensação de movimento constante, mas na verdade estão todos parados. Praticamente o tempo todo. E vendo como eu estava me acomodando a esse estilo de vida me fez entender como eu acabei engordando tanto sem perceber (ou fingindo não perceber).
Ainda tenho peso pra perder, mas estou mais confiante. Acho que isso que importa, né? E a lição que eu tiro de toda essa experiência é que eu preciso de verdade aprender a me controlar. Não quero ter que passar por tudo isso de novo, não dá pra ficar nesse emagrece/engorda infinito. Da outra vez eu disse que eu era "um caso de sucesso", mas acho que eu só posso dizer isso realmente se já tiverem passado vários anos e eu não tiver engordado tudo de novo. Aí sim, isso é "um caso de sucesso". ;)

2 Comments


Stella,

Sim, é um caso de sucesso. É a ação da força de vontade e perseverança.

=)
Marcos


É um sucesso. Só não foi total. É claro que a perseverança a desconfiança e a ação são sucessos. Muito bom seu novo comprometimento. Ótimo texto alias bjs boa semana

Copyright © 2009 Wild About My Stuff All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.