10

21.12.09 - Aquele sobre o espaço particular da gente

Posted by Stella on 12:48 in ,
Outro dia à noite eu estava procurando algo pra passar o tempo. Abrindo livros em qualquer página e lendo uma frase só pra me sentir inspirada. Por acaso, abrindo na página 11 de A Dama das Camélias li a seguinte frase: "A alma tem refúgios estranhos". Assim, o narrador estava contando sobre uma moça que se prostituía para sustentar a mãe e acabou ficando grávida. Ao saber dessa notícia, a moça ficou radiante. Daí saiu a tal frase que eu li.

Mas não é que é? A alma tem mesmo refúgios estranhos. Por mais amarga que seja a pessoa, existe algum lugar dentro dela onde se é capaz de ser inteiramente feliz. Seja no útero, para aquelas que tem instinto materno. Seja entre os rins, para aquelas que tem instinto selvagem. Mas, pra mim, é em algum lugar entre os olhos. Eu não sei o que é alma, mas se é aquilo que existe de mais primitivo em mim, definitivamente está entre os olhos, num espaço que filtra o que eu vejo e eu que eu quero ver.

Tenho quase certeza de que quando eu viro os olhos, é a minha alma que está tomando controle. Não penso muito antes de olhar as coisas. Fico encarando pessoas que eu nem sabia que estava encarando. Então escolhi achar que é minha alma conhecendo o mundo, gravando tudo pra passar pra mim depois. Como num filme.

É. Acho que o tal pós-vida é uma sala de cinema. A gente senta e assiste a nossa vida. Por isso que temos que fazer valer... ser interessantes. Afinal, nós que vamos nos entreter quando não houver mais nada. Mas isso tudo foi mesmo só pra passar o tempo.

10 Comments


"É. Acho que o tal pós-vida é uma sala de cinema. A gente senta e assiste a nossa vida. Por isso que temos que fazer valer... ser interessantes. "

Em muitos falta disposição apenas..

Acredito muito nisso!


Muito bom receber sua visita depois de tanto tempo.
Realmente muito legal essa frase "A alma tem refúgios estranhos."
Engraçado, também imagino (dentre outras incontáveis coisas que imagino sobre isso e sobre tudo) depois de ter morrido, assistindo à minha vida como num filme.

beijos


Acho que o meu refúgio é entre o coração que pulsa e o pulmão que respira. É alguma coisa invísível, mas muito sentível...


=O
seu blog comeu meu comment??????


viajou no texto hem...

gostei do layout do seu blog.

beijos


Adoro esses devaneios seus.

Bj


...nossa, eu acredito tanto nisso, sabia? Vejo a alma -a minha alma- como um luz que independe de mim -fisico. Ela sai, canta, dança, fica brava e vai embora, depois volta... Gostei muito do texto.

Muita luz e que o inicio do seu 2010 chegue cheio de momentos bons. Muita alma nessa calma...rs

beijos


Talvez nem precise ser pós-vida.
Quando chegamos a última idade, talvez tenhamos uma tal mania de nos assistir e perceber se realmente vivemos tudo o que tinhamos para viver.
Lindo texto.


Stella!2010 batendo na porta...Então menina,uma excelente virada de ano à você e aos seus!
Beijos e té 2010!


Obrigada pelos comments.
Voltem sempre!! :D

Copyright © 2009 Wild About My Stuff All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.