6

02.07.09 - Tentando ser como as flores

Posted by Stella on 00:25 in

Helena estava exausta das pessoas. Ela sentia uma necessidade enorme de ar. Ela precisava respirar sem todos aqueles jogos que a rodeavam. Uma palavra nunca é 'apenas isso'. E é aí que começa o problema. Entender como funcionam os jogos das relações humanas não é o mais dificil, assim como entender as regras de um jogo. Se você for uma pessoa esperta, depois de apresentadas a você, as regras são claras. O difícil é planejar suas jogadas. É saber que nem sempre ser sagaz significa que você vai sair sem nenhuma consequência prejudicial pro seu lado. E era exatamente isso que estava estressando Helena.
Uma de suas colegas de trabalho perguntou a ela: - Helena, o que você acha da nova estagiária?
E agora? O que responder? E se ela contar para a nova estagiária que eu acho ela uma idiota que não sabe nem fazer o que lhe é pedido direito? Mas, se eu mentir e dizer que acho-a ótima, podem achar que eu não entendo nada de como as coisas devem ser feitas. Bem, o jeito é sair pela tangente...
- Não reparei nela direito.
E a colega olhou meio torto e saiu dali. Será que ela percebeu que eu não quis responder a pergunta dela? Será que ela achou que eu não queria conversar com ela? Será que...Será que eu ando me preocupando demais?

Ela, se pudesse, sumiria dali. Iria pra bem longe, virava monge. Mas mesmo os monges devem ter lá seus jogos... será? Bem, virar monge não parece uma opção sensata e disponível, então a única coisa a fazer é tentar viver como as flores: tirar o máximo proveito do esterco para crescer cada vez mais bela e, é claro, ignorando o fedor.

6 Comments


Odeio jogos! Ser sincero é o que rola!

Respondendo ao seu comentário lá no meu blog, eu escrevi essa poesia há uns 12 ou 13 anos atrás, e foi para um colega de escola que iria musicar e gravar em inglês com a banda dele (e nem sei se ele gravou, se ele musicou ou se ele ainda tem banda...), e lembra mesmo a música do Lulu!

Bjaum


Oi!!

Poxa! Mas eles (blogs) são públicos, abertos, inclusive com espaço pra comentário...portanto..não tem nada de xeretar..rsss..volte sempre lá!

estarei por aqui tbm.

bjs!!


Em relação às flores...Seria ideial sermos como a Lotus..né? Que nasce no lodo, que vive num lugar aparentemente ruim...mas que consegue ser uma das mais belas das flores.

A natureza nos dá sinais.


A reflexão do paragrafo final é excelente! me identifiquei muito, especialemnte pelas coisas que tem acontecido ultimamente comigo...


:) Obrigada pelos comentários!!
Voltem sempre! Beijos.


Gostaria de ver fotografias minhas idêntificadas pela minha página, isto no mínimo. Obrigado.

Copyright © 2009 Wild About My Stuff All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.