4

10.06.09 - Lubricidade do pensamento

Posted by Stella on 23:14 in

O que é sensual pra você? Pra mim é Chaka Khan cantando I'm In A Mood For Love. Sobe aquele arrepio pelas costas, os olhos fecham e você não consegue evitar aquele pensamento. E pra que evitar? O pensamento é livre. A coisa mais sensual do mundo é o pensamento. Ele é livre, abstrato, cheio de curvas nas quais a gente se perde tentando desvendá-lo...

Luiza estava esperando por ele na sala. Iam pra algum lugar, só não sabia onde. Como era uma data especial, ela achou apropriado um vestido preto básico, que não tinha nada de básico. O decote e a fenda nas costas estavam ali pra provar que o que ela queria era pele. Luiza queria que ele a desejasse. Isso era fato. Mas, nesse tempo de espera, ela não podia evitar o pensamento:
Por que ele tinha que desejá-la? E depois? Depois do desejo. O que acontece? Ela teria que estar sempre tentando fazer de tudo pra que ele a desejasse todos os dias? Então um relacionamento é isso? Uma constante busca para que o outro se apaixone por você todos os dias? Melhor não ir por aí... ele vai chegar a qualquer momento. E se ele resolver levar ela pro cinema? Aquela roupa certamente não era pra cinema. Mas agora está muito tarde. Não dá mais tempo de pensar em outra coisa que seja sexy e casual. Pensando bem, o básico é tão sexy. Clean. Quanto menos melhor. Por isso a nudez é desejada. Mas sexy é aquilo que insinua a nudez e não é ela.

Luiza ficou com vontade de tirar aquela roupa e esperar por ele só de sapatos.
Seria inesperado. Conseguiria a atenção do corpo inteiro dele. Com certeza ele iria sonhar com aquele momento por dias a fio, talvez por toda vida. Mas precisa de um clima, de uma música que combine. Que música? Tem que ser mais de uma, porque senão não rende...

A campainha tocou. Era ele. Ela saiu do transe em que havia entrado, totalmente desnorteada. No que estava pensando mesmo? Ah, esquece. Melhor abrir a porta. Ele entra, elogia o vestido. Dá um beijo lento, mas rápido. Os olhares ficam suspensos por dois segundos e se perdem. E ela lembra o que estava pensando... lembra também da música ideal... uma pena que não deu tempo. Teria sido uma noite e tanto. Entram no carro e Luiza pergunta: "Pra onde vamos?" e ele responde: "Pensei em comermos e pegarmos um cineminha..."

Ela sorri. Ele pergunta o que foi. Ela sorri de novo e diz: "Pensei na mesma coisa."
E eles vão embora.


4 Comments


Oi Stella...Obrigada pelo recado,lá em nosso espaço...Seguirei seu blog,seja ele novo ou não,pois gosto de suas postagens!
Uma ótima sexta-feira,para vc e os seus familiares.Fica com DEUS menina e té+ver!
Beijão!


texto divertido! =)


Sandra,

obrigada pelo comentário, querida.
Beijos!

.
.
.

Danillo,

que bom que gostou. :)
Beijo! E obrigada pelo comentário!


Viajei no texto...hahha...e gostei muito do visual novo do seu blog...que bom que deu certo, bjus.

Copyright © 2009 Wild About My Stuff All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.