14

15.06.09 - Are you sure?

Posted by Stella on 09:33 in

Era manhã de segunda e estava frio. Demasiadamente frio.
Ela queria calor, procurar pelo sol? Que sol? Este ainda não sabia que existia. E a cortina semi-aberta deixava entrar um ventinho gelado, o que fazia com que ela se encolhesse ainda mais sob os cobertores. E pensava no frio. Pensava em como estaria sentindo mais frio se estivesse na rua. Tanta gente indo trabalhar e ela ali, se aquecendo. Sentiu-se indecente. Como ousa se aquecer enquanto todos saem pra trabalhar? Ouvia passos no corredor... as pessoas já haviam tomado café, banho e agora seguiam para o ônibus. Ela pensava em levantar, em procurar emprego, mas ficava tudo só em pensamento. Melhor coisa era ficar ali deitada. Ela pensou que podia morrer, que estava tudo bem. Morreria aquecida e confortável.
De repente, sentiu um mal-estar. Pensou que podia estar com febre, mas não tinha termômetro. Pensou em pedir pra alguém, mas não tinha ninguém. Será que ela ia morrer ali? Será que ouviriam ela? Sentou na cama rapidamente, como quem acorda num pulo. Tudo parecia normal. Então ela viu que a vida lhe pregara um peça de uma ironia fina. Ela riu, mas ficou com medo de olhar pro lado e ver, no espelho, seu reflexo dizendo como num filme de terror: "Tem certeza?"


14 Comments


Ah, segundas-feira!!
Por coincidência acordei assim também, mas não teve jeito, tive que levantar e enfrentar os "fantasmas" da semana! Rsrsrsrs
Um beijão e boa semana!


Eu sei bem como é essa preguiça!

E infelizmente como é a sensação de se sentir só!

Bjaum


Francisco,

segundas pra quem não faz nada é complicado, vai dizer? :) Mas eu não sei o que é isso... rs só nas férias!

Beijos! Obrigada pelo comentário!

.
.
.

Ernani Netto,

Eu só conheço essa preguiça quando estou de férias. No momento anda tudo super corrido mesmo. rs É só um conto, sabe. x)

Beijos! Obrigada pelo comentário!


Às vezes é preciso um susto grande pra nos fazer acordar, mas quando resistimos, os sustos começam a ficar maiores até deixarem de ser sustos e se tornarem uma realidade que não tem mais volta.

Bjs.


Mô,

Pois é... a vida é muito curta pra perdemos tempo pensando que um pouco de conforto se resume a ela.

Obrigada pelo comentário, querida! Beijos!


Oi Stella,
adoreiiii o seu blog!
e segunda feira pra mim ninguém merece, colega!
beijossssssss
e sou loucaaaaaaa pra conhecer niteroi!!! não sei porque...mas minha vontade é de morar aí...sem nunca ter ido....coisa de gente doida!
:)
bjs


Língua Nervosa,

Obrigada!! :)
Nossa, morar em Niterói? Aqui não tem naaaada. rs
Beijo e obrigada pelo comentário!!

.
.
.

Nathália,

É real pra alguém, certo. :) Conto da vida real inventada.

Beijo!!! Obrigada pelo comentário!!


Oi querida,tava visitando alguns blogs e encontrei o seu.Gostei muito.Vou ser seguidora.Beijos pra você.

passa lá em casa pra me visitar.


Hermilane,

Po, obrigada. :)
Beijos!!


vou seguir seu blog
passe no meu
quando junta a eterna preguiça com o frio presente acontece uma mistura de parar tudo;;;;

hehe


abraços ! ! !


Marcelo,

tempo congelado! :D Será outra dimensão?

Beijo e obrigada pela visita!


me identifiquei por completo, posso? ahuahauhaua


Ai...Eu sei que é um conto, Stella...mas eu detesto segunda-feira e o frio...hahhahha...

Já estou te seguindo novamente...bjus.

Copyright © 2009 Wild About My Stuff All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.