4

É preciso coragem

Posted by Stella on 12:28 in

Interessante essa coisa de coragem.
Eu não sou exatamente o tipo de pessoa que se pode chamar de corajosa, muito pelo contrário, sou daquelas que grita desesperadamente quando um inseto chega perto. Uma vez, no meio da aula de OEB (Organização da Educação no Brasil) apareceu um tipo bizonho de abelha na sala. Ela ficava sobrevoando a mesa da professora e eu simplesmente não conseguia desgrudar os olhos dela. Até que o bichinho veio pra perto de mim. Coitado. Até hoje não sei se eu acertei a abelhinha com meu caderno, minha bolsa, meu estojo... só sei que levantei tudo e sai correndo da sala. Pois é. Cena digna de ser esquecida. Vai pro hall dos micos do ano.
Mas voltando ao assunto, coragem é um termo muito relativo. Penso que é corajoso aquele que consegue fazer o que EU tenho medo de fazer. Acho minha mãe muito corajosa por enfrentar baratas, mas muita gente não vê isso da mesma forma - existem até aqueles que irão julgar a minha mãe, porque a barata é um "bichinho de deus". rs Mas então, sábado passado eu tive coragem de levantar da minha mesa e ir "abrir pista", sabe? Dançar quando não tem mais ninguém dançando? Pois é. Levantei, tomei a iniciativa, mas carreguei o namorado e a namorada do dj junto. Nesse caso, a coragem pra mim foi a capacidade de tomar a iniciativa numa situação que eu geralmente fico bem sem graça, que, em outras palavras, eu tenho medo. Mas precisei de pessoas me apoiando, ficando lá comigo naquela situação embaraçosa. No final das contas foi até divertido e conseguimos incentivar outras pessoas a fazer o mesmo. :) Mas será que o "ato de coragem" só é válido quando dá certo? Assim, quando as consequências são positivas? E naquelas situações que a pessoa tenta, vai lá e quebra a cara? Ela teve coragem também. Eu penso assim.
Não é que eu vá me jogar na frente de algum carro pra salvar um estranho nem nada... mas penso que atos de coragem isolados incentivam outras pessoas a tê-los também, mesmo quando eles não dão certo. Pelo menos me incentiva.
Tudo bem que eu acho que a minha mãe seja corajosa porque ela mata baratas. Qual o problema? Eu sei que não é só isso. Ela não é só uma matadora de baratas. É uma mãe que perdeu o marido com três anos de casamento, que criou duas filhas sozinha, que trabalha fora, que resolve tudo pra todo mundo... uma atitude pequena pode dizer muito de uma pessoa. Quando eu ligo pra ela desesperada porque tem um inseto maligno aqui em casa e ela vem matar o bichinho, eu sei que ela se importa. E isso leva a mil outras conclusões.
Quando eu falo que tenho uma dor aqui ou ali e meu namorado fica todo preocupado, eu sei que ele se importa. E são esses detalhes, essas reações que me fazem crêr que eles são o que de melhor tem por aqui. Essas pessoas com coragem pra dizer que amam, que se importam, que se preocupam... são eles que eu vejo como exemplo.
Coragem pra mim não é fazer uma coisa grande, que todo mundo possa ver. Mas uma coisa pequena, que é grande PRA QUEM vê.

Eu sei que falta coesão e coerência... mas quem está falando dessas coisas?

4 Comments


L.S. Alves disse...

Coragem também pode ser fazer aquilo que você julga necessário, mesmo que para isso corra riscos/micos/retaliações. Entretanto essas virão de fora e só poderão lhe atingir se você quiser.
Coragem é ser fiel a si mesmo.
Um abraço moça e cuidado com insetos malignos.
Obs: Quem mata baratas lá em casa é a minha esposa.


Carrie Bradshaw Tupiniquim da Silva disse...

olá, Stella!
é, eu tenho mais um blog rsss não sou só a menina enciclopédia rss (estava logada nesse aqui rss). Como as meninas das Letras escrevem bem, né? rs Adorei seu texto!
Vou linká-la e obrigada pela visita e por participar da comunidade do perplexões ;)
beijo!


Dan Barros disse...

stella, há tempos tava procurando seu blog!!
as coisas q vc escreve tbem sao otimas!!!!

beijão


L.S. Alves:

Existem tantas maneiras de interpretar a coragem que creio ser uma interpretação mais pessoal do que outra coisa.
Hahaha... pode deixar que estou sempre atenta. :)

.
.
.

Regina:

Bem, eu engano que sei escrever bem e às vezes acredito nisso. Hehehe..
Tá adicionada em tudo já.
Obrigada você por me add. x)

.
.
.

Danillo:

Poxa, eu nem sabia que você, Galeno e Gabi tinham um blog!! Muito legal. :) E, cara, o endereço do meu está no "quem sou eu" do orkut e nos links do fotolog. :~ Vai, nem era assim tão difícil de achar... rs

Copyright © 2009 Wild About My Stuff All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.