3

Devaneando sobre os sonhos...

Posted by Stella on 12:26 in
Paranoic Visage, 1935 - Salvador Dali

Eu gosto e não gosto de lembrar dos meus sonhos.

Gosto quando são divertidos, quando não fazem sentido. Porque aí eu sei que são só imagens loucas que eu vi pela vida e que meu inconsciente resolveu mostrar assim: tudo bagunçado dentro da minha cabeça. Como num filme caseiro mal editado. Na última noite, por exemplo, não lembro de tudo que sonhei, mas lembro que tinha um cachorro branco e bem peludo com cara de idiota que babava muito em cima de outro cachorro menor, parecido com um chiuaua, que estava bem zangado. Dai, assim, no meio do sonho, eu resolvo que isso daria uma boa história em quadrinhos. E começo a montar os storyboards na minha cabeça. Só que como é um sonho eu me confundo toda e, de repente, não sei mais onde estão os cachorros e só tem gente, vários rostos que eu não reconheço. Acho que meu inconsciente é como um arquivo-somente-leitura. Quando eu tento tomar as rédeas do sonho e produzir alguma coisa útil, dotada de sentido, minha cabeça vai lá e bagunça tudo de novo. Mesmo assim eu me divirto com as loucuras que passam aqui dentro. Quem me conhece já me ouviu contando milhões de vezes o sonho em que o Cristo (aquele do Corcovado, de pedra mesmo) sai destruindo a cidade porque as pessoas estão gastando muito dinheiro e eu salvo o dia dando a dica pra ele destruir só os bancos. Tem também aquele sonho em que eu vejo meu encosto e fico amiga dele, porque ele parece com um desenho animado. rs Ok, eu tenho uma mente muito criativa pra sonhar, às vezes é um dom.
Disse "às vezes" porque nem sempre é engraçado e louco. Tem sonhos que eu entendo e me assusto. Tipo quando eu sonho com alguma cena real. Sabe a sensação de déjà vu? Pois é. Eu sou do tipo que sonha e conta logo pra alguém. Acho que é pra ter testemunha. Ai, uns dias depois o sonho vai lá e acontece. Aí eu tenho medo. Porque essas coisas me assustam. Eu não gosto de entender. Prefiro o abstrato, o surreal. Acho o quebra-cabeça mais bonito quando não está montado.
E esse texto é louco. E eu sou louca. E é tudo uma grande pintura de
Salvador Dali.


3 Comments


Lili Cheveux de Feu disse...

eu gosto de pesadelos.
ainda, gosto de acordar em meio aos pesadelos.
me sinto quase que dentro de um filme. acho o maximo.
mas claro, nao dispenso os bons sonhos jamais.

beijos.


Stella disse...

Pesadelos são necessários. :)
Se tivessemos sempre sonhos bons talvez eles não valessem tanto.

Obrigada pelo comentário. \o/


Nathália Reis Ramos disse...

Também tenho sonhos que acontecem, dando a vida real a sensação de déjà vu. É sério e tenho medo qdo isso acontece.

Copyright © 2009 Wild About My Stuff All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.