2

Aprazível

Posted by Stella on 15:04 in
A suavidade é sempre repousante. (Continuação do conto)

Na manhã seguinte tudo parecia tarde de primavera. Ouvia alguns passarinhos, nenhuma buzina. Olhou para o relógio, 08:28.

Pensou em ficar ali deitada, era domingo, era cedo.
O vizinho ouvia jazz bem baixinho, ele parecia ter bom gosto musical, outro dia estava ouvindo música clássica. A alvorada parecia insistir para que ficasse presa na cama.
Pensamentos que povoavam seu inconsciente... será que ele existiu? Será que foi apenas um sonho? Não importa. Ajudou, de alguma forma, ajudou.
Sentou na cama e esticou os braços, podia sentir a brisa leve e gelada entrando pela janela.
Olhou para o relógio, 08:30.
Levantou e caminhou até o banheiro, lavou o rosto, escovou os dentes e seguiu para a cozinha. Fez café e sentou na janela com a caneca quente segurada por ambas as mãos.
Ouvia o jazz do vizinho tentando reconhecer a cantora. Parecia Ella, mas não tinha certeza, desconhecia aquela música. Tudo estava tão agradável...fazia tempo que não acordava assim, na verdade, fazia tempo que não dormia assim.
Alguma coisa mudou. Ganhou uma nova característica, o contentamento.
Com aquela manhã de domingo, ela estava mais que satisfeita.
Olhou o relógio, 08:48.


2 Comments


Junior disse...

Depois do ocorrido, cada segundo dos minutos que passam parecem ser aproveitados por completo. Momentos nos fazem aprender muitas coisas, até como apreciar uma bela manhã. Até como viver esta manhã. ok, to sequelando...

;*****


Anna =) disse...

eu adoro como vc é sutil escrevendo menina!

meu post de hoje ta cheio de erro de portugues e todo sem nexo...
mas é pq estou tomada de um sentimento muito mas muito bom...

estou em "torpor"

Copyright © 2009 Wild About My Stuff All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.